Ginástica Laboral – Conheça os benefícios


A ginástica laboral é uma atividade física ainda pouco praticada pelas empresas, normalmente é realizada nos locais de trabalho com a finalidade de prevenir doenças ocupacionais, ou seja, doenças que causam alterações na saúde do trabalhador.

O que é a ginástica laboral?

A ginástica laboral é o alongamento de diversas partes do corpo, como por exemplo, tronco, membros inferiores e membros superiores. Esse tipo de ginástica tem como objetivo melhorar a saúde dos profissionais que praticam atividades repetitivas.

Somente os educadores físicos e fisioterapeutas credenciados ao CREF (Educador Físico) e CREFITO (Fisioterapeutas) podem orientar e conduzir os trabalhadores a praticar esse a ginástica laboral.

Essa atividade física normalmente é praticada no horário de trabalho através de sessões diárias com durações que variam entre 10 a 15 minutos, proporcionando aos funcionários uma reeducação postural, um bom equilíbrio mental e corporal.

ginástica-laboral-empresa

Onde surgiu a ginástica laboral?

Antigamente a ginástica laboral era conhecida como “ginástica de pausa para operários” e surgiu em 1925, na Polônia. Mas foi depois da Segunda Guerra Mundial (que durou de 1939 a 1945) que esse tipo de atividade se espalhou e passou a ser conhecida e praticada pelos outros pais, porém adaptada de acordo com função exercida.

Na década de 60 ocorreu a consolidação e a obrigatoriedade da G.L.C  Ginástica Laboral Compensatória foi como passou a ser conhecida.

No Brasil em 1973, a Escola de Educação Física da Federação dos Estabelecimentos de Ensino de Novo Hamburgo/RS (FEEVALE), tornou se pioneira da ginástica laboral, onde apresentou o projeto de Educação Física Compensatória e Recreação, onde foi elaborada uma série de exercícios físicos, baseados em análises biomecânicas.

Todos nos sabemos que o nosso país vem sofrendo grandes mudanças decorrentes à globalização e com isso algumas funções tornaram-se muito estressantes e exaustivas, fazendo com que os trabalhadores percam o prazer de trabalhar. Devido ao stress do dia a dia é que algumas empresas oferecem aos seus funcionários esse tipo de atividade física para que aja interação, descontração e relaxamento do corpo e da mente no ambiente de trabalho.

Primeiro passo para realizar a ginástica laboral

O primeiro passo é a realização de uma avaliação feita pelos educadores físicos e fisioterapeutas onde eles coletam informações do perfil de cada funcionário. É através dessas informações que esses profissionais elaboram os exercícios de alongamento visando melhorar o dia a dia do funcionário.

Os principais dados da avaliação são:

Nome e idade;
Peso (cm) e altura (kg);
Pressão arterial;
IMC (Índice de massa corpórea);
Percentual de gordura;

Objetivo da ginástica laboral

O principal objetivo dessa atividade é relaxar o corpo e a mente dos trabalhadores. De acordo com os especialistas a ginástica laboral tem sido responsável pela redução do afastamento médico, devido aos acidentes e lesões de trabalho. Com isso as empresas tem se favorecido com o aumento da produtividade e da qualidade do serviço prestado.

Esses exercícios previnem às lesões, a fadiga muscular, a correção de postura, diminui o sedentarismo, alivia o stress, diminui as tensões acumuladas no trabalho, aumenta a interação social, melhora o desempenho profissional, aumenta o ânimo para o trabalho além de melhorar o relacionamento entre patrões e empregados.

Quais são os benefícios para as empresas?

Estimular o trabalho em equipe;

Melhora no aumento da produtividade;

Diminuição de acidentes de trabalho;

Redução dos gastos com afastamento e substituição de profissional;

Diminuição de faltas por motivos de doenças;

Quais são os benefícios para os trabalhadores?

ginástica_laboral

Os exercícios de alongamento proporcionam o relaxamento do corpo e da mente de cada funcionário. Dá a cada um deles disposição em exercer melhor a sua função, faz com que os trabalhadores liberem suas emoções. Mais o principal é saber que as empresas estão se preocupando e investindo em seus funcionários lhe oferecendo esse tipo de atividade.

A ginástica laboral vem a cada dia conquistando espaço dentro das grandes e pequenas empresas, por que para a realização dessas atividades não precisa deslocar os empregados, pois são feitas sessões diárias em seus setores de trabalhos com suas próprias roupas ou uniformes de trabalho, já que os exercícios simples e não provoca sudorese e nem cansaço físico excessivo.

Mais claro que ainda existem muitas empresas que não promovem esse tipo de atividade para seus funcionários e na maioria das vezes são as empresas de pequeno porte, que normalmente são as que mais têm problemas como falta de estrutura e principalmente muitos funcionários insatisfeitos.

“O nosso conselho é invista em você mesmo, pois se trata da sua saúde, reserve pelo menos 10 minutos do seu tempo, antes de iniciar o trabalho faça alguns alongamentos para relaxar o seu corpo e sua musculatura.”

A ginástica laboral se classifica em três programas que são:

  • Ginástica laboral preparatória – é realizada no início da jornada de trabalho, com duração aproximadamente de 10 a 12 minutos de exercícios de coordenação, concentração, flexibilidade, equilíbrio e resistência muscular. Essa atividade prepara as pessoais para o trabalho físico, melhorando sua disposição e concentração, também ajuda na oxigenação dos tecidos e aumenta a frequência cardíaca.
  • Ginástica laboral compensatória – tem como finalidade compensar qualquer tipo de tensão muscular adquirido pelo uso excessivo ou inadequado. Essa atividade física é realizada durante a jornada de trabalho com duração de 5 a 10 minutos. São exercícios de alongamento e flexibilidade, respiratórios e posturas. Com o objetivo de prevenir a fadiga muscular, modificar a postura no trabalho e melhorar a circulação.
  • Ginástica laboral de relaxamento – é realizada no final da jornada de trabalho durante 10 ou 20 minutos, com objetivo de reduzir o estresse, aliviar a tensão e fazer com que o funcionário relaxe. Essa ginástica é baseada em exercícios de alongamento e meditação, automassagem e exercícios respiratórios.

Vídeo Sobre a Ginástica Laboral

Lembrete importante para as empresas

Através da Lei do Desporto n° 11.438, que depois foi atualizada pela Lei n° 11.472, o Governo oferece incentivos fiscais para empresas e pessoas físicas. Pessoas jurídicas podem deduzir até 1% do imposto de renda e pessoas físicas até 6%.

Art. 1°: A partir do ano-calendário de 2007 e até o ano-calendário de 2015, inclusive, poderão ser deduzidos do imposto de renda devido, apurado na Declaração de Ajuste Anual pelas pessoas físicas ou em cada período de apuração, trimestral ou anual, pela pessoa jurídica tributada com base no lucro real os valores despendidos a título de patrocínio ou doação, no apoio direto a projetos desportivos e paradesportivos previamente aprovados pelo Ministério do Esporte.

Essa é uma excelente iniciativa do Governo para com as empresas, pois com isso irá incentiva-los a investir melhor em seus funcionários.

Ginástica Laboral – Conheça os benefícios
Vote neste post

Comentar via Facebook

Comentário(s)

Leave a Reply